Melhores curas para ressaca

6 curas para ressaca, apoiadas pela ciência

A ressaca é um efeito colateral comum do consumo de álcool, mas, felizmente, há maneiras de diminuir sua gravidade. Aqui estão 6 curas para ressaca apoiadas pela ciência.

Baseado em evidências
Este artigo é baseado em evidências científicas, escritas por especialistas e verificadas por especialistas.
Olhamos para os dois lados do argumento e nos esforçamos para ser objetivos, imparciais e honestos.

O consumo de álcool, especialmente em excesso, pode ser acompanhado por vários efeitos colaterais.

A ressaca é a mais comum, com sintomas que incluem fadiga, dor de cabeça, náusea, tontura, sede e sensibilidade à luz ou som.

Embora não faltem supostas curas para a ressaca, que vão desde tomar um copo de suco de picles a esfregar um limão na axila antes de beber, poucas delas contam com o respaldo da ciência.

Este artigo analisa 6 maneiras fáceis e baseadas em evidências de curar uma ressaca.

Sugerido para você: Melhores alimentos para ressaca: os melhores alimentos para comer durante a ressaca

1. Coma um bom café da manhã

Comer um café da manhã farto é um dos remédios mais conhecidos para a ressaca.

Um dos motivos é que um bom café da manhã pode ajudar a manter seus níveis de açúcar no sangue.

Embora os baixos níveis de açúcar no sangue não sejam necessariamente a causa de uma ressaca, costumam estar associados a ela.

O baixo nível de açúcar no sangue também pode contribuir para alguns sintomas da ressaca, como náuseas, fadiga e fraqueza.

Alguns estudos também mostram que manter um nível adequado de açúcar no sangue pode atenuar algumas das mudanças corporais que ocorrem com o consumo de álcool, como o acúmulo de ácido no sangue.

O consumo excessivo de álcool pode prejudicar o equilíbrio das substâncias químicas no sangue e causar acidose metabólica, caracterizada por um aumento da acidez. Pode estar associado a sintomas como náuseas, vômitos e fadiga.

Além de ajudar a reduzir certos sintomas da ressaca, um café da manhã saudável pode fornecer vitaminas e minerais importantes, que podem se esgotar com a ingestão excessiva de álcool.

Embora não haja evidências que mostrem que o baixo nível de açúcar no sangue é uma causa direta das ressacas, comer um café da manhã nutritivo, bem balanceado e farto na manhã seguinte à bebida pode ajudar a reduzir os sintomas da ressaca.

Resumo: Comer um bom café da manhã pode ajudar a manter seus níveis de açúcar no sangue, fornecer vitaminas e minerais importantes e reduzir os sintomas de uma ressaca.

2. Durma bastante

O álcool pode causar distúrbios do sono e pode estar associado à diminuição da qualidade e duração do sono para alguns indivíduos.

Embora quantidades baixas a moderadas de álcool possam inicialmente promover o sono, estudos mostram que quantidades maiores e o uso crônico podem, em última instância, interromper os padrões de sono.

Embora a falta de sono não cause ressaca, pode piorá-la.

Sugerido para você: 10 razões pelas quais um bom sono é importante

Fadiga, dores de cabeça e irritabilidade são sintomas da ressaca que podem ser exacerbados pela falta de sono.

Ter uma boa noite de sono e permitir que seu corpo se recupere pode ajudar a aliviar os sintomas e tornar a ressaca mais suportável.

Resumo: O consumo de álcool pode interferir no sono. A falta de sono pode contribuir para os sintomas da ressaca, como fadiga, irritabilidade e dores de cabeça.

3. Mantenha-se hidratado

Beber álcool pode levar à desidratação de algumas maneiras diferentes.

Primeiro, o álcool tem efeito diurético. Isso significa que aumenta a produção de urina, levando à perda de fluidos e eletrólitos que são necessários para o funcionamento normal.

Em segundo lugar, quantidades excessivas de álcool podem causar vômitos, levando a uma perda ainda maior de fluidos e eletrólitos.

Embora a desidratação não seja a única causa da ressaca, ela contribui para muitos de seus sintomas, como aumento da sede, fadiga, dor de cabeça e tontura.

Aumentar a ingestão de água pode ajudar a aliviar alguns sintomas de ressaca e até mesmo evitá-los completamente.

Sugerido para você: Os 6 melhores chás de dormir que te ajudam a dormir

Ao beber álcool, uma boa regra é alternar entre um copo de água e uma bebida. Embora isso não evite necessariamente a desidratação, pode ajudá-lo a moderar a ingestão de álcool.

Depois, mantenha-se hidratado ao longo do dia bebendo água sempre que sentir sede para reduzir os sintomas da ressaca.

Resumo: Beber álcool pode causar desidratação, o que pode piorar alguns sintomas da ressaca. Manter-se hidratado pode reduzir os sintomas da ressaca, como sede, fadiga, dor de cabeça e tontura.

4. Tome uma bebida na manhã seguinte

Muitas pessoas juram por este remédio comum para ressaca.

Embora seja amplamente baseado em mitos e evidências anedóticas, há algumas evidências que sustentam que tomar uma bebida na manhã seguinte pode diminuir os sintomas da ressaca.

Isso ocorre porque o álcool muda a maneira como o metanol, um produto químico encontrado em pequenas quantidades nas bebidas alcoólicas, é processado no corpo.

Depois de beber álcool, o metanol é convertido em formaldeído, um composto tóxico que pode ser a causa de alguns sintomas de ressaca.

Sugerido para você: Melhores alimentos para ressaca: os melhores alimentos para comer durante a ressaca

No entanto, beber etanol (álcool) quando você tem uma ressaca pode interromper essa conversão e prevenir a formação de formaldeído por completo. Em vez de formar formaldeído, o metanol é então excretado com segurança do corpo.

No entanto, esse método não é recomendado como tratamento para ressacas, pois pode levar ao desenvolvimento de hábitos não saudáveis e dependência do álcool.

Resumo: Beber álcool pode prevenir a conversão de metanol em formaldeído, o que pode reduzir alguns sintomas de ressaca.

5. Experimente tomar alguns desses suplementos

Embora a pesquisa seja limitada, alguns estudos descobriram que certos suplementos podem aliviar os sintomas da ressaca.

Abaixo estão alguns suplementos que foram pesquisados por sua capacidade de reduzir os sintomas da ressaca:

Lembre-se de que faltam pesquisas e mais estudos são necessários para avaliar a eficácia dos suplementos na redução dos sintomas da ressaca.

Sugerido para você: Os 6 melhores suplementos para ganhar músculos

Resumo: Alguns suplementos, incluindo ginseng vermelho, pera espinhosa, gengibre, óleo de borragem e eleuthero, foram estudados por sua capacidade de diminuir os sintomas de ressaca.

6. Evite bebidas com congêneres

Por meio do processo de fermentação do etanol, os açúcares são convertidos em dióxido de carbono e etanol, também conhecido como álcool.

Congêneres são subprodutos químicos tóxicos que também são formados em pequenas quantidades durante esse processo, com diferentes bebidas alcoólicas contendo quantidades variáveis.

Alguns estudos descobriram que consumir bebidas com uma grande quantidade de congêneres pode aumentar a frequência e a gravidade de uma ressaca. Congêneres também podem retardar o metabolismo do álcool e causar sintomas prolongados.

As bebidas com baixo teor de congêneres incluem vodka, gin e rum, com vodka quase sem congêneres.

Enquanto isso, tequila, uísque e conhaque são todos ricos em congêneres, com uísque bourbon contendo a maior quantidade.

Um estudo fez com que 95 adultos jovens bebessem vodka ou bourbon em quantidade suficiente para atingir uma concentração de álcool no ar expirado de 0,11%. Ele descobriu que beber bourbon de alta congênere resultava em ressacas piores do que beber vodca de baixa congênere.

Sugerido para você: Os 6 melhores chás para perder peso e gordura da barriga

Outro estudo teve 68 participantes beberam 2 onças de vodka ou uísque.

Beber uísque resultou em sintomas de ressaca, como mau hálito, tontura, dor de cabeça e náusea no dia seguinte, enquanto beber vodka não.

A seleção de bebidas com baixo teor de congêneres pode ajudar a reduzir a incidência e a gravidade das ressacas.

Resumo: a escolha de bebidas com baixo teor de congêneres, como vodka, gim e rum, pode diminuir a gravidade e a frequência das ressacas.

Resumo

Embora existam muitas curas conhecidas para a ressaca, poucas são realmente apoiadas pela ciência.

No entanto, existem várias maneiras cientificamente comprovadas de evitar os sintomas desagradáveis que se seguem a uma noite de bebedeira.

As estratégias incluem manter-se hidratado, dormir bastante, tomar um bom café da manhã e tomar certos suplementos, que podem reduzir os sintomas da ressaca.

Além disso, beber com moderação e escolher bebidas com baixo teor de congêneres pode ajudar a prevenir a ressaca em primeiro lugar.

Última atualização em 14 de fevereiro de 2022 e última revisão por um especialista em 9 de novembro de 2021.
Compartilhar

Mais artigos de que você pode gostar

Pessoas que estão lendo “Melhores curas para ressaca” também adoram estes artigos:

Tópicos

Navegue por todos os artigos